Você já se deu conta de que o rádio teve uma evolução extremamente
notável com o passar dos anos? Acompanhe o post que nós separamos
especialmente para você e faça uma maravilhosa aventura pela evolução do
som automotivo. Antes de falarmos sobre os sons dos automóveis, vamos
focar brevemente na história do rádio.

No ano de 1896, Guglielmo Marconi realiza as primeiras transmissões sem
fios e no ano de 1922, acontece a primeira transmissão radiofônica oficial
brasileira. No país do futebol, não poderia jamais faltar uma transmissão
que desse ao público a sensação de estar vislumbrando o campo e seus
jogadores.

Portanto, em julho de 1931, Nicolau Tuma narrou pela primeira vez um jogo
de futebol. No ano seguinte foi transmitido um campeonato mundial de
futebol: A Copa do Mundo da França.

O rádio se tornou um dos mais importantes meios para divulgação do
futebol. Algumas rádios que trazem informações sobre o futebol foram
criadas como a Bandeirantes (FM), Eldorado (AM), Jovem Pan (FM), entre
outras.

O automobilismo também foi narrado nos anos 70, época em que grandes
nomes como Nelson Piquet, Emerson Fittipaldi e o famoso Ayrton Senna
estavam com todo o fervor na mídia. Nessa época, a rádio que teve mais
ascensão foi a Jovem Pan.

Som para carros
A nossa linha do tempo se inicia na década de 30, quando o inventor Paul
Galvin lançou o primeiro som automotivo. Os jogos de futebol já podiam ser
ouvidos dentro do automóvel, o que era uma excelente novidade.
Em contrapartida, os chiados faziam parte da programação, o que era
bastante incômodo. Porém, em 1952, isso começou a mudar, já que
Blaupunkt passou a vender o Autosuper, que utilizava a frequência
modulada (FM).

Enquanto as emissoras AM se dedicavam a transmissões de futebol e
músicas para adultos, as FMs focavam no estilo de música mais jovem,
como pop e rock, por exemplo.
Até meados dos anos 50, ainda se ouvia as transmissões pelas rádios, uma
vez que o som automotivo com toca-discos só era acessível para quem
tinha muito dinheiro. Além do alto valor, esse som só comportava discos de
compactos. Por sua vez, as transmissões dos jogos estavam se aprimorando, tudo para fazer com que o ouvinte se sentisse mais próximo
dos campos.

Cartucho e fita cassete
O primeiro toca-fitas de cartucho surgiu em 1962, como tentativa de
melhorar a qualidade do som e também como uma alternativa, para quem,
depois do jogo, quisesse ouvir suas músicas favoritas.
Mas no ano de 1963, a Philips criou o Compact Cassette, uma grande
evolução para a época. Além de ouvir as notícias e as transmissões dos
jogos em alto estilo, era possível fazer gravações caseiras e montar uma
própria seleção de músicas.

CD player
O CD player foi lançado com o objetivo de inovar ainda mais o mercado do
som automotivo. A leitura a laser não gerava ruídos e ainda não tinha
atritos, assim como no caso dos discos de vinil.
Na década de 90 foram criados dispositivos de amortecimentos, cuja função
era suportar as vibrações do veículo ao rodas, sem que o CD pulasse.
Mesmo com a tecnologia avançando, e com os aparelhos televisores, os
ouvintes ainda eram assíduos das transmissões futebolísticas pelo rádio.

DVD player
Por possuir tecnologia óptica superior e maior capacidade de
armazenamento que o CD, o DVD player se tornou febre entre os
proprietários de veículos.
Com o tempo, os DVDs se tornaram sofisticados, ganhando variadas
funções, o que o tornou mais versátil e completo. Além do modelo
tradicional, é possível encontrar modelos com bluetooth, por exemplo. Veja
os modelo a seguir.

DVD automotivo com bluetooth
A tecnologia avança mais uma vez, já que a compatibilidade entre os
smartphones e os aparelhos de DVD são incríveis. Com essa interação é
possível reproduzir filmes, séries, desenhos, entre outros.
Uma das maiores vantagens desse aparelho é que ele possibilita atender
chamadas telefônicas na função viva voz. Além de permitir uma viagem
mais segura sem multas, a função impede que o motorista se distraia e
acabe provocando um acidente.

DVD automotivo com câmera de ré
Estacionar nunca foi uma tarefa fácil, não é mesmo? E por que se preocupar
com isso, se existe o DVD automotivo com câmera de ré? Esse DVD foi
projetado para facilitar as manobras.
Além disso, o aparelho reduz as chances de colisões com obstáculos ou com
outros veículos. Vale a pena apostar no veículo para garantir sua segurança
e da sua família.

DVD automotivo com GPS
Mesmo com experiência de estrada ou até mesmo os próprios taxistas,
podem acabar se confundindo com as rotas das cidades grandes. Para
tanto, existe o DVD automotivo com GPS.
Com esse modelo de DVD, é possível visualizar as rotas em tempo real e
ainda saber qual melhor caminho para fugir do trânsito. Esse modelo é
extremamente útil. Confira!

DVD automotivo com TV digital
Esse modelo é excelente para quem tem filhos, já que serve bem como uma
distração enquanto a viagem acontece. Esse modelo oferece uma infinidade
de funcionalidades, inclusive, pode ser instalado na parte de trás do encosto
dos bancos do motorista e carona.
Além disso, esse modelo é essencial para quem curte ver o futebol no
conforto do carro. O DVD com tv digital transmite em tempo real toda a
programação televisiva, com excelente qualidade de imagem.

Central multimídia
Além de todas essas novidades, o som automotivo inovou ainda mais com a
chegada da central multimídia. A central multimídia é uma espécie de
ferramenta com várias funcionalidades.
Com o aparelho é possível ter: Tv digital, bluetooth, GPS, DVD, rádio
AM/FM, câmera de ré, sensor de estacionamento, espelhamento de celular
entre outros recursos.

Para maior comodidade existe também o encosto de tela. Quanta evolução!
Agora assistir aos jogos, inclusive, a Copa do Mundo no seu carro ficou mais
fácil, prático e confortável, não é mesmo?

E você? Já pensou em assistir os jogos da Copa dentro da garagem do seu
carro? Convide toda a família para se acomodar dentro do veículo e torça
muito pela nossa seleção brasileira. Não se esqueça que em caso de
dúvidas é possível entrar em contato conosco.