Posts

Leve sua moto à revisão e viaje em segurança

 

Na hora de viajar, nada é mais importante do que estar com o carro em ordem; e com moto não é diferente. Por isso é importantíssimo fazer uma revisão detalhada de sua moto antes de pegar a estrada. Com as férias de verão se aproximando, é preciso ficar alerta! Confira alguns cuidados.

 

Cuidados com sua moto

Motor

Em qualquer automóvel é preciso ficar atento ao funcionamento do motor. Algumas checagens simples são: a verificação do óleo e do filtro, assim como a água. Estando em dia com esses itens, sua moto vai ter bom desempenho nas estradas.

Freios

É importantíssimo estar com os freios em dia. Só assim você consegue andar em alta velocidade com segurança. Para isso, tenha certeza de que os freios estão bem regulados e lubrificados, que é o que vai garantir tempo rápido de frenagem. Em caso de desgaste da pastilha, troque o mais rápido possível.

Pneus

Pneus são os principais alicerces para manter a moto rodando corretamente. Óbvio? Às vezes, nem tanto. Há quem descuide desse item. Jamais ande com pneus carecas, além de ser extremamente perigoso, isso pode prejudicar as manobras. Calibre constantemente sua moto, principalmente, antes de uma viagem. Se for viajar com passageiro, coloque um pouco mais de pressão no pneu de trás.

Luzes

O farol, a luz de freio, lanternas e os itens do painel devem estar funcionando perfeitamente. Para checar esses pontos, analise o funcionamento do sistema elétrico de sua moto.

Kit de relação

O kit é composto pelo pinhão, corrente e coroa. A sua função é fazer o motor girar até a roda traseira. Fique atento ao kit de relação. Ajuste corretamente a corrente, ela deve estar bem esticada e lubrificada. Limpe-a de maneira adequada, usando apenas sabão neutro.

 

5 passos para viajar de moto com segurança!

 

1. Planeje a viagem

Sabemos que nada parece mais interessante do que pegar a moto e sair sem destino pela estrada, aproveitando todas as paisagens. Porém, é necessário o mínimo de planejamento para evitar apuros e acidentes.

Então, estude a possível rota. Verifique as condições de tempo e quais estradas pretende pegar. Em caso de más condições de tempo, evite pegar estrada.

 

2. Cuidado com a bagagem

As motos variam de estilo e de acessórios. Há motos que tem alforje, baú, bolsa de tanque e malas laterais. Outras não. Se você é um motoqueiro sem muitos acessórios, fique atento ao excesso de bagagem. O que for imprescindível de levar na moto equilibre e deixe bem firme. Nada de deixar objetos frouxos, isso pode deixá-lo inseguro e desconfortável. Firmeza é essencial para evitar acidentes.

 

3. Kit de emergência

Além de um kit básico para você, band-aid e faixas, monte um kit de emergência para sua moto, ferramentas básicas podem ajudá-lo a fazer pequenos reparos.

 

4. Acessórios e roupas adequadas

Capacete e luvas são acessórios obrigatórios para andar de moto. Não se arrisque a andar sem eles, da mesma forma, use roupas e sapatos confortáveis na hora de pilotar.

Use calçados reforçados e fechados. Invista em calças resistentes, assim como em jaquetas desenvolvidas para motociclistas, porque essas possuem proteção para a coluna, ombros e cotovelos.

Leve também acessórios como GPS, protetor de perna, faixas reflexivas no capacete, câmeras acopladas no capacete e outros itens que o ajudem em caso de eventuais problemas.

 

5. Viaje com segurança

Por fim, e mais importante, pilote com prudência. Todo cuidado é pouco. Respeite os limites de velocidade, mantenha os faróis ligados e fique atento às placas de sinalização. Não se arrisque, faça manobras conscientes e seguras. Por fim, durma bem e fique bem hidratado e alimentado.

 

O AutoZ é a melhor loja de peças automotivas. Com 19 anos no mercado, tem entrega rápida e segura pelo Brasil. Alguns dos 18 centros de distribuição entregam via moto-boy. Sim, também adoramos moto. Leia nosso conteúdo sobre pneu de motos!

 

Você já fez a revisão de sua moto? Precisa de pneus, lâmpadas ou alguma peça para sua moto? Conte com o AutoZ! Em caso de dúvida, entre em contato com nosso time no 0800 777 6387.

 

 

 

 

 

 

 

 

Até a próxima!

As melhores dicas sobre pneu de moto!

Os pneus são elementos importantes da sua moto, uma vez que são os responsáveis principais pelo contato com o solo. Para ter mais segurança na estrada e maior comodidade na sua condução, saiba que é preciso fazer a escolha ideal dos pneus. Lembrando que além do solo, é importante considerar a categoria da sua moto.

 

Para que o pneu esteja de acordo com a moto e ainda atenda bem às suas expectativas é válido saber para quais finalidades a moto será usada. Se você gosta de se aventurar e acelerar, pode escolher pneus mais rígidos.

 

Já os pneus mais macios são recomendados para quem precisa que a moto obedeça rapidamente aos comandos. Além de mais eficaz, esse tipo de pneu proporciona uma sustentação significativa. No AutoZ você encontra o portfólio completo de Pneu de Moto Levorin.

 

Continue acompanhando nossa postagem pois além de descobrir qual melhor pneu para a sua moto, você ainda aprende como ler as medidas que estão especificadas nele.

Tipos de pneus para moto

• Pneu touring
Além da baixa temperatura de funcionamento e vida útil superior a do pneu de desporto, o touring tem um bom desempenho em pisos molhados. O pneu touring é de borracha rígida e conhecido também como pneu de estrada. O modelo é excelente para quem curte bastante adrenalina.

 

• Pneu de desporto
O modelo é ideal para circuitos de competição. Seu material é borracha macia conseguindo atingir as mais altas temperaturas. Sua vida útil é curta e não é indicado para pisos molhados, uma vez que possui poucos desenhos na superfície.

 

• Pneu de desporto/touring
Sua temperatura de funcionamento não é equivalente à do pneu esportivo, entretanto possui boa aderência e por isso tende a se adaptar muito bem a vários tipos de terrenos. O modelo possui muitos desenhos na superfície, além disso, é feito de borracha de rigidez intermediária.

 

• Pneu TT (todo o terreno)
Os pneus TT são excelentes para motocross ou pistas de terra, graças ao seu desenho com grandes sulcos na superfície. Funcionam em baixa temperatura e são ideais para terrenos secos, já que são feitos de borracha rígida e consequentemente têm boa aderência.

 

• Pneu misto ou trail
Ambos são indicados para quem circula em pisos de terra e também pisos de asfalto. Essa dupla funcionalidade se dá em virtude do desenho mais largo que existe na superfície, o que possibilita maior tração em quaisquer tipos de terrenos, inclusive areia e lama. Esses pneus são fabricados com borracha rígida e possuem temperatura de funcionamento baixa.

 

É extremamente importante ressaltar que pneus novos apresentam uma camada protetora, o que tende a torná-los escorregadios nos primeiros quilômetros de rodagem.

 

Sendo assim, para que a sua segurança seja garantida, saiba que as medidas precisam ser respeitadas. Isso significa que o uso de pneus mais largos que o recomendado, por exemplo, podem acabar danificando as bandas de rodagem e, além disso, você pode ser punido pelas leis de trânsito.

 

Medidas do pneu da moto

No próprio pneu da moto é possível observar algumas informações pertinentes como: polegadas da roda, milímetros de largura, altura, velocidade máxima suportada, entre outras especificações.

 

Exemplo: As medidas “130/60 – 17 65H” mostram que o pneu possui 130 milímetros de largura, 60% de relação entre largura e altura, roda de 17 polegadas, tem índice de carga nº 65 (290kg) e suporta a velocidade máxima de 210km/h.

 

Sistema Métrico:

160/70VR16 ou 170/60R16V
160mm ou 170mm significa a largura da banda de rodagem do pneu.
70 ou 60 é o perfil. (Perfil % = Altura / Largura) Sendo: Altura = 0.70 * 160 mm = 112mm.
R16 nos dois casos significa que o aro tem 16 polegadas de altura.
A letra V indica o índice de velocidade máxima que o pneu pode atingir.
A letra R indica que o pneu foi construído em formato Radial.

 

Dicas importante para compreender a descrição do pneu de moto, veja:
• Largura: Mostra o ponto mais largo do pneu e sua medida;
• Diâmetro da roda: Sinaliza o tamanho do aro que você deve utilizar;
• Altura em %: Indica a relação dimensional da altura para a largura;
• Tipo e estrutura: Exemplo pneu esportivo (Z), com estrutura radial (R);
• Índice de carga: Simboliza o máximo de carga para cada pneu (cada número representa um peso, ou seja, 32=112kg, por exemplo);
• Índice de velocidade: Há também o limite de KM/h para cada pneu (cada letra ou sigla representa uma velocidade máxima, ou seja, T=190KM/h, por exemplo).

 

Dicas extras

Então vamos lá! Antes de escolher o tipo de pneu adequado, lembre-se de reforçar as seguintes informações:

 

• DOT: Essa sinalização demonstra o código alfanumérico de origem do pneu. Através dos quatro últimos números DOT: Os dois primeiros informam a semana e os dois últimos o ano de fabricação.

• Carga máxima suportada: Indica o quanto de peso o veículo suporta. O índice corresponde a um peso específico, que pode ser em quilos ou até mesmo em libras.

• Pressão de ar para calibragem: Simboliza a pressão máxima de calibragem para a qual o pneu foi produzido. É válido salientar que o PSI (Pound Per Square Inch) é o principal sistema no Brasil.

• Velocidade máxima: Normalmente é indicada por uma letra que fica ao lado do “Ìndice de carga”. Cada letra corresponde a uma velocidade máxima: Q (160km/h), R (170km/h), S (180km/h), T (190km/h), U (200km/h), H (210km/h), V (240km/h), ZR (acima de 240km/h), W (270km/h), Y (300km/h).

• TWI: Essa sigla nada mais é do que o “Indicador de desgaste da banda de rolagem”, entretanto essa sinalização pode ser diferente conforme fabricante e marca. Essa marcação fica localizada na superfície de rolamento, pois assim é fácil identificar a hora certa de trocar o pneu. Lembrando que: quanto maior for o valor desse item, maior será a vida útil do pneu.

• TT ou TL: A marcação TT (YubeType) demonstra que o pneu possui câmera de ar, enquanto o modelo TL (TubeLess) sinaliza que não consta câmera de ar.

 

Faça uma inspeção na sua moto sempre que houver necessidade, e com isso aproveite para verificar qual estado dos pneus. Se estiverem carecas, saiba que já é o momento de trocá-los. Lembre-se também de observar a calibragem semanalmente. Assim você garante mais segurança e ainda pode fazer suas viagens tranquilamente.

 

Além da atenção redobrada com os pneus, é importante zela pelar a segurança e violência no trânsito. Lembrando que o AutoZ trabalha com os melhores e as melhores marcas, tudo para garantir a sua segurança e seu conforto. Se precisar, é só ligar no 0800 777 6387.

 

 

Até a próxima