As temperaturas baixas afetam a bateria e os veículos com motores flex

O inverno, que traz as temperaturas mais baixas, pede que o motorista fique atento a alguns detalhes de seu carro para não ter dor de cabeça na hora de sair de casa.

O AutoZ dá algumas dicas para evitar que o veículo abastecido com etanol fique parado no inverno

O motivo mais comum é a falta de gasolina no tanquinho de partida a frio. Presente em grande parte dos automóveis que aceitam tanto o etanol quanto a gasolina, o mecanismo tem a função justamente de auxiliar a partida com o motor frio, já que o álcool exige maiores temperaturas para entrar em ebulição, enquanto a gasolina se transforma em vapor mais rapidamente.

Os carros podem andar normalmente se forem abastecidos apenas com álcool, desde que o tanquinho esteja cheio preferencialmente com gasolina aditivada.

Coisa que poucos sabem é que o combustível do reservatório deve ser trocado a cada 60 dias. Com o maior consumo do recipiente no inverno, é preciso verificar com mais frequência o nível de gasolina, pois ela não tem indicador no painel.

Baterias

Mas isso não significa que os carros com a tecnologia flex start, que dispensa o tanquinho complementar, também não apresentem dificuldades para se mover nessa época do ano. Nestes casos, a primeira razão pode estar na bateria.

Um dado interessante é que no calor que a bateria se desgasta mais, mas é nas temperaturas baixas que ela é mais exigida pelo motor, devido a maior viscosidade do óleo e à menor dilatação.

O AutoZ explica que se o motorista notar alguma dificuldade na partida, é melhor não esperar e fazer o quanto antes uma avaliação da vida útil da bateria.  O serviço é prestado em oficinas e centros automotivos e leva poucos minutos. Já a troca da bateria deve ocorrer em média a cada dois anos.

30 Segundos

Se o carro não pegar de primeira, uma dica é aguardar por 30 segundos antes de tentar ligá-lo novamente, para não encharcar as velas, responsáveis pela ignição. Carros que percorrem menores distâncias e que andam até 25 minutos por dia têm mais chances de ter problemas na bateria. Diferentemente dos automóveis que rodam mais quilômetros, o que dá mais tempo para as baterias se recarregarem. Esses cuidados devem ser os mesmos para os proprietários de modelos movidos a diesel.

As dicas AutoZ vão minimizar as chances de  ficar “na mão” em tempos de baixa temperatura.

 

Leave a Reply